No Brasil um fenômeno vem se destacando, principalmente pela sua velocidade de expansão: a criação de Ouvidorias. Difundida nas instituições públicas e privadas e caracterizada como um espaço para registro de críticas, sugestões, reclamações, denúncias etc., as Ouvidorias estabelecem um canal prático e de fácil acesso aos usuários do serviço público, consumidores e a sociedade em geral.

     As Instituições Públicas adotaram este mecanismo como ponto de apoio no processo de modernização de suas unidades, buscando captar através de seus usuários o compartilhamento de suas ações com os anseios da sociedade , elevando o seu nível de eficiência e eficácia em meio a recuperação e consolidação da imagem do Serviço Público.

     A Ouvidoria municipal foi criada no Governo Roberto Petto com o objetivo de estreitar os laços com o munícipe, criando um canal de comunicação pelo qual a prefeitura possa acompanhar alguns problemas e reivindicações da população.

     No meu entender, ainda falta muito para se comparar aos existentes em uma empresa privada ou mesmo em outros órgãos públicos. Não há ainda uma formatação dos dados apurados, nem mesmo uma metodologia de pesquisa específica ou uma racionalização no uso desses dados. No link Gestão Pública, na barra superior do site, apresento sugestões de como deveria funcionar este importante órgão municipal, em perfeita sintonia com a Secretaria de Comunicação e o Gabinete do Prefeito.

     Se você tem alguma reclamação, denúncia, sugestão ou mesmo um elogio, este é o lugar para fazê-los diretamente à Prefeitura.

     Lembre-se de mencionar o maior número de detalhes possíveis. Para facilitar, segue abaixo uma pequena lista que aconselho você fazer, antes de efetivar a denúncia:

     Nome - Além de ser bom dar um nome à sua solicitação, ele será mantido em sigilo, ficando registrado apenas na Ouvidoria.

     Telefone - servirá somente para um contato direto da Ouvidoria com você, em busca de maiores informações ou para sanar alguma dúvida. Como acontece com o seu nome, ele serve apenas para registro na Ouvidoria e não será fornecido para os demais órgãos envolvidos.

     Endereço - na verdade não se trata do seu, a menos que você queira mencioná-lo. Mas sim, o local onde ocorre o problema. Procure ser o mais extato possível e não esqueça de colocar também os pontos de referência. Muitas solicitações à Ouvidoria são devolvidas pelos órgãos envolvidos porque simplesmente o endereço mencionado não conseguiu ser localizado.

     Nome do reclamado - se souber, não hesite em colocar o nome e o maior número de informações possíveis sobre a pessoa que está ocasionando o problema. Isso facilitará muito a quem estiver atendendo à sua solicitação.

     ATENÇÃO: a maioria das denúncias encaminhadas à Ouvidoria se referem a problemas pessoais que acontecem entre vizinhos, que poderiam ser resolvidos com uma conversa franca, direta e usando bom senso. Evite portanto, sobrecarregar os órgãos municipais, envolvendo-os em disputas pessoais e lembre-se, que quando apontamos os defeitos do próximo, esquecemos que também temos os nossos!

     Após feita a sua solicitação, você receberá um número que servirá para acompanhamento da mesma. Não o perca e use-o sempre quando entrar em contato com a Ouvidoria para saber o andamento.

 

Telefones:

 

e-mail: